Notícias ACIC

Notícias, informações e conteúdo que esclarece e forma opinião.

13.12.2016 - Comemoração

Lançado livro que resgata a história da ACIC

Lançado livro que resgata a história da ACIC

A Associação Empresarial de Caçador (ACIC) lançou, durante almoço festivo realizado sábado (10), na sede social da Reunidas, o lançamento do livro que conta a história da entidade de autoria da jornalista Mariana Piacentini. Também houve homenagem aos novos associados de 2016, ex-presidentes da ACIC e também um leilão em prol do Hospital Maicé. Cerca de 400 pessoas participaram do evento, entre integrantes das diretorias, lideranças empresariais, associados, autoridades e comunidade.

O livro: “Associação Empresarial de Caçador e os Pilares do Crescer”, traz o histórico da ACIC, biografia dos presidentes, ações realizadas em prol do desenvolvimento de Caçador e muito mais. O lançamento do livro marca as comemorações dos 75 anos de fundação da ACIC. A ACIC foi fundada no dia 2 de fevereiro de 1941. O primeiro presidente foi Assis Matone, tendo como vice, José Kurtz.

Fizeram uso da palavra a jornalista Mariana Piacentini, presidente da ACIC Henrique Basso, o ex-presidente da ACIC Elias Seleme Neto que falou em nome de todos os presidentes e também o vice-presidente da Associação e presidente do Conselho Consultivo do Hospital Maicé, Leonir Tesser. Na ocasião foi realizada homenagem simbólica ao ex-presidentes com a entrega de uma placa para o empresário Ernesto Faoro. Todos os novos associados da ACIC de 2016 foram homenageados com a entrega de um certificado.


Leilão em prol do  Maicé

O evento festivo da ACIC também foi marcado pela solidariedade. O presidente do Conselho Consultivo, Leonir Tesser realizou um leilão em prol do Hospital. O item principal do leilão foram as luvas doadas pelo piloto Rubens Barrichello.

O piloto esteve em Caçador em junho deste ano quando ministrou uma palestra beneficente no Teatro da UNIARP. Na ocasião ele doou o par de luvas que usou em uma prova no Japão, em 2003, ocasião em que fez pole position e foi campeão da corrida. O material foi arrematado por R$ 30 mil, em uma ação conjunta das empresas Temasa, Transpower e Dupla Química. As luvas ficaram expostas no Memorial que será construído no Hospital.

O presidente do Conselho Consultivo, Leonir Tesser, destacou que mais importante que o valor arrecadado no leilão é sentir que a comunidade abraçou a causa do hospital e está empenhada em ajudar. "Poucas cidades do Brasil terão a oportunidade de viver este momento especial que Caçador está vivendo. A saúde no país está catastrófica, e sabemos que se Caçador quer ter uma saúde diferenciada, toda a população tem que ajudar. O nosso hospital será referência e todos sentirão muito orgulho desse trabalho que estamos fazendo. Não podemos desanimar", declara Tesser.

Também foram leiloados outros objetos de cunho simbólico para angariar fundos para o hospital, como produtos doados pela Daniela Tombini, pela Braox do grupo Sul Brasil e um livro que conta a história sobre o hospital de Câncer de Barretos, de autoria de Henrique Prata.